quarta-feira, novembro 21, 2018

Caçador de sonhos



Adormeces aqui no meu abraço
Cai a noite sobre os dias risonhos
Adormeces vencido de cansaço
Na noite acordas caçador de sonhos

Na noite escura não andas sozinho
Perdido nas sombras de becos medonhos
Enquanto sonhas inventas caminho
Porque tu és um caçador de sonhos

Brincas saltando todo o santo dia
Momentos parados são enfadonhos
Não há limites para a rebeldia

Tua luz alegra rostos tristonhos
Vives espalhando a tua alegria
E a ti te chamam: caçador de sonhos!    



domingo, novembro 18, 2018

Guardas no fundo dos olhos!



A imagem pode conter: 1 pessoa, planta, árvore, ar livre e natureza

Há na paisagem o cheiro a verde
O verde selvagem que guardas no fundo dos olhos
Debaixo das pedras cinzentas
brincam os duendes, namorando as fadas.
como eu te namoro a ti...
paisagem mais romântica eu nunca vi!

As folhas douradas, memórias do passado,
são desejos futuros ainda por inventar.
Uma música Celta inunda o ar...
Dança o sentimento que não sei definir
No sentir intenso de uma flor a abrir!

O néctar perfumado que me molha os dedos
em carícias mergulhados nos teus segredos
e um beijo inventado nas bocas revoltas
Abres as asas e voas - e voas - e voltas!

O frio nevoeiro o vale encheu
E nos olhos cúmplices a vontade nasceu..
As línguas cruzadas e um doce tremor
Quando um beijo se de funde, sorri o amor!