quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Tempo



Quis ser todo tempo
ter todo o tempo
ter tempo

Quis ser meio-dia
na tua paixão
mas não passei das seis e meia

Quis fazer de um segundo
a síncope de um coração
na urgência de viver

Cala em teus olhos esta dor
e esta certeza.

o Amor é tudo,
mais que tudo
o Tempo é amor.

quinta-feira, fevereiro 12, 2009

O Salto

Abri as asas do medo
uma rocha nua
O luar fremente
beijos sentados no banco da frente
linguagem crua

A ave gritou
voando alto
Eu olhei para ti
E apanhei-a num salto.

domingo, fevereiro 08, 2009

Só Deus tem os que ama


James Byron Dean, nasceu a 8 de Fevereiro de 1931 em Marion (Indiana).

Não há muros,
nem portas nem janelas,
que me abrandem a vontade de viver.

Não há curvas nas estradas, que me façam morrer.

Porque o meu corpo que aqui está,
que trato com mil cuidados, é o caixão
em que tenho os meus sentimentos guardados.

Liberto-me do corpo exangue,
que pode ir para o inferno,
porque o amor que tenho é de um viver eterno.

E Deus olha para mim,
e há um dia em que me chama,

porque amar é divino, e só Deus tem os que ama!

segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Vida de Marinheiro (a João Aguardela)





Quantos bares ficam ainda por navegar
neste cinzento molhe de onde partes
Recolhe-te hoje o Caronte
na sua barca das Artes

Levas o grito na garganta
um canto com harmonia
Levas o peito liberto
da terminal agonia

As Tágides levam-te ao largo
em nós deixas a lembrança
de um acordeão que toca
enquanto o cantor dança.

O músico tem a alma por fora
do corpo que os pais lhes emprestam
E na suprema composição
deixam-nos presos à saudade
enquanto por fim se libertam.


A João Aguardela (1969/2009)