quarta-feira, maio 25, 2011

O que me mais incomoda

















O que mais me incomoda não é estar num país à deriva
com uma classe de políticos corruptos na primeira linha
e de oportunistas aspirantes a ser ainda mais corruptos na segunda linha.

O que mais me incomoda não é andar na mesma rua
em que adolescentes praticam violência impunemente
em que o instigador de tal acto, que é criminoso recorrente e violento
e rouba constantemente, quando detido pela polícia
só tem de dizer como se chama e dar uma morada qualquer.

O que mais me incomoda não é a propaganda e a visibilidade
nem o circo que se faz da notícia para montanha parir um rato.

O que mais me incomoda é eu não fazer nada!

Já me sonhei

Já me sonhei vida em ti
e tinha mãos e olhos e boca
e sorria ao mundo de braços abertos!

Já me sonhei vida em ti
num desejo arrebatador
de carícias intensas e cheiros
um sonhar mágico de olhos abertos!

segunda-feira, maio 23, 2011

Há apenas um momento (e nesse momento estás tu)




















Há apenas um momento
em que os corpos não se acanham
em que os toques não se estranham
em que o sentir é tudo


Há apenas um momento
em que as mãos dançam nuas
em que os meus seios crescem
e as tuas costas falam de ti


Há apenas um momento
em que me sinto diferente
que estou vivo e estou contente
e falo como tu ouves



Há apenas um momento
em que não há passado nem futuro
não há fora nem dentro

e nesse momento estás tu



Há apenas um momento
em que me fundo contigo
num espelho por inventar
de almas do mesmo ser


Há apenas um momento
Em que solto no sentimento
tu me ensinas o que é viver!