segunda-feira, novembro 30, 2009

Diz (uma oração no silêncio)


Foto de João Pedro Sousa


Escuta, já é só silêncio

E está frio aqui.

Escuta, há um espaço imenso

Onde antes estavas tu

E eu nem notava o quanto ele ocupava.

Escuta, está cada vez mais frio

Aqui, onde o silêncio invade

Tudo e o preenche de nada.

Agora fala, diz uma palavra

Para que eu entenda.

Para que acredite.

Para que aprenda.


Rasga de uma vez este muro

frio, esta pedra que nos separa

de forma tão crua

quanto definitiva.


Faz do silêncio a esperança

que a realidade me nega

e diz que tudo tem sentido.


Diz, diz tu, que eu não consigo!


Alexandre

Sem comentários: