segunda-feira, junho 25, 2018

Teus pés



Teus pés são gotas cristalinas
chuva de Verão
penetram suavemente
a terra quente
como quem voa
como quem dança
na ausência
do corpo
tudo é gesto e elegância
no sentir que me despertas
és a minha companhia
nas horas mais desertas
nas secretas fantasias
quero ser caminho
onde andes livremente
mas não pises os sentimentos
que deposito na tua frente
no teu altar sagrado
há uma pedra fendida
onde dançam encantados
os doces mistérios da vida.

Savinien (2018)





Foto: Olivia Bell (ThebellSisters.com)








Sem comentários: