quinta-feira, outubro 15, 2009

Muros - Não me deixei vencer


Pic: http://www.claybennett.com/images/archivetoons2/us_border.jpg



Naquele dia chegaste sem alegria no rosto
e o olhar vazio de quem já não está.
Fizeste um traço no chão
e eu fiquei do lado de cá.
Tinhas tábuas compridas
Novinhas, polidas, em pinho tratado.
Cavaste um fosso
por cima do risco que tinhas traçado.
Num saco trazias martelos, gazuas,
e um berbequim.
Arrancaste a relva,
furaste a terra, estragaste o jardim.
Saltavam aparas, tábuas pequenas,
e pregos partidos.
E em pouco tempo ficámos divididos.
Deixei de te ver, escondida que estavas
pela paliçada.
Não me deixei vencer,
E com os restos caídos eu fiz uma escada!


"Muros" é um projecto Homens Felizes

Sem comentários: