terça-feira, novembro 17, 2015

Tatuagem

Nas minhas mãos acolho o teu sorriso
Torna-se  tatuagem no meu peito
num traço tão suave como preciso 
ilustro o envolvimento mais perfeito

Da boca cai apaixonado beijo 
tombando no teu ombro de mansinho
pelas costas vai descendo o meu desejo
confesso ao teu ouvido bem baixinho

Não escondas por medo teu pensamento 
Não prendas no silêncio o teu sentir 
Que tudo se constrói num só momento 

Num mesmo coração  se estão a unir 
Comungando num mesmo sentimento 
Corpos que na paixão se vão fundir. 


Alexandre de Oliveira







Sem comentários: