segunda-feira, junho 23, 2008

Ao coiro pouco infantil de Santo Amaro de Oeiras

Porrada no areal
Porrada no areal
Porrada no areal para todos nós
Porrada no areal para todos nós

No areal pela manhã
vêem-se os tipos chegar
E há uma grande tensão no ar

No areal pela manhã
de diversos países
rapazes e raparigas, felizes

Dão passeios pela praia
descalços ou em chinelas
pra mostrar as suas damas, tão belas

Depois a dança da roda
há porrada com as mãos
é assim que malta vive, irmãos

Se o arrastão fosse verdade
assim como estes tirinhos
não precisavam os meninos, de roubar

Porrada no areal
Porrada no areal
Porrada no areal para todos nós
Porrada no areal para todos nós

Sem comentários: