quarta-feira, outubro 26, 2011

Na linha da costa

Na areia da praia
Onde nada nascia

Plantámos sorrisos
Colhemos alegria

Na areia da praia
Floriram esperanças
O cinzento do crescido
O colorido das crianças!

 
Na linha da costa