quarta-feira, outubro 26, 2011

O Romance do Farol



Não passa desapercebido
A imagem do farol
é como um dedo estendido
Que a terra aponta ao sol

Nesta língua de areia
Entre o céu e o mar
Vislumbro a brincadeira
De dois seres a namorar

Brilha a luz na noite incerta
Vigilante olhando o mar
O farol o céu penetra
Intensa lição de amar

Uma brisa sibilante
agitando a onda em espuma
Tudo pára num instante
À espera que o amor se assuma!
Posted by Picasa

Sem comentários: