quarta-feira, julho 09, 2008

Silêncio

Mil palavras disseste,
mas foi no silêncio
que melhor te entendi.

Sem comentários: