domingo, abril 26, 2009

Se me deres

Se me deres um olhar serei visível
se me deres um sorriso terei amor
Se me me deres o teu sonho
serei contigo um sonhador

Se lavrares em palavras
uma seara de trigo louro,
serei tecelão de um poema
numa manta azul e ouro.

Se me deres a luz vencerei a noite
No teu ombro aquecerei a madrugada
Guardas na boca a onda
que desmaia ansiosa na areia parda

E sem nada que me dês
resta-me a esperança...
Eu sou homem por fora,
por dentro sou criança!

Sem comentários: