segunda-feira, novembro 14, 2005

Memória




Não recordo, não me lembro, não conto nenhuma história.
Sem amor, sem sentimento, sem derrota nem vitória.
Já não vivo, já morri, a permanência é ilusória.
Já nada tenho de ti, nem do cheiro a memória!

Sem comentários: