terça-feira, setembro 07, 2004

ArteLOUCURA

Vi, Sente

Quis fazer porque quis,
Como se a minha vida dependesse disso,
E nada tinha sentido,
Nem antes, nem depois de o fazer.
Mas a urgência de criar é tanta,
Que tudo fica toldado
Menos o cavalete em que descansa
O quadro, ainda fresco, pintado.

Sem comentários: