terça-feira, setembro 07, 2004


Noite Estrelada de Vincent Van Gogh Posted by Hello

3 comentários:

hhuuggoo disse...

Van Gogh...
Não sei de onde me vem o fascínio por este pintor holandês...

Este quadro é um dos meus favoritos, da última fase da sua vida em que pintou vários quadro que fizeram dele o grande percursor do Movimento Expressionista.

Van Gogh foi um génio no seu tempo. Um homem com muitos sonhos e a vontade para levar a expressão artistica a expoentes nunca vistos. Não realizou quase nenhum desses sonhos e tão pouco viu (como outros do seu tempo viram) reconhecida a qualidade da sua obra. Apenas vendeu um quadro, dos muitissimos que pintou na sua curta vida.

Mas o que faz Van Gogh diferir dos outros, é que nunca pintou para sobreviver... E por isso não desistiu, não cedeu à pintura comercial. Condenado por todos ao fracasso, com problemas do foro psicológico, Van Gogh é dos pintores que mais profusamente documentou o seu trabalho. Na ausência de dinheiro para comprar telas, pintava por cima de pinturas antigas.

O objectivo era fazer sair tudo o que tinha dentro de si para entregar ao Mundo. Ainda que o Mundo não quisesse ver...

Ana disse...

Como sabes, Gogh é um dos meus preferidos, contemplar o "starry night", remete-se sempre para lugares de sonho, onde tudo é sempre possivel, são lugares distantes cheios de luzes, cores e, inevitavelmente, estrelas...muitas estrelas!
Beijos

snowhite disse...

Não sendo original ao dizer que Van Gogh é também um dos meus pintores favoritos, gostaria de concordar com a Ana em relação aos sonhos.
Os seus quadros de cores cativantes desde cedo despertaram a minha atenção e o meu gosto pelas artes e foi grande prazer, humildade e emoção que apreciei alguns dos seus mais famosos quadros e não só, ao vivo nos museus de arte de Berlim e Londres. Fiquei sem palavras ou vontade de me mover. Só o fiz por não querer chamar a atenção dos seguranças :)