quinta-feira, janeiro 17, 2008

Por mais que se quebrem as pontes

Por mais que se quebrem as pontes
entre as duas margens do mesmo rio,
elas não deixarão de estar juntas,
mais não seja pelo próprio rio.

Sem comentários: