quarta-feira, maio 28, 2008

O Amor é como o Titanic

O Amor é como o Titanic,
só não tem quatro chaminés.
Tem uma tripulação de românticos,
um comandante adormecido,
e dança até lhe doer os pés.

Faz a viagem inaugural

com pompa e circunstância.
Navega mares desconhecidos
Enfrenta nos gelos os perigos
Para encurtar a distância.

O Amor é mais caloroso,
nele não há nada gelado.
Marca rotas e destinos
Fala em casamentos e meninos
não consegue estar calado.


Também faz arder o fogo,
Que que lhe alimenta o motor
Se o majestoso Titanic
Não evitou ir a pique,
Que esperança tem o amor?






Sem comentários: